Berliner Boersenzeitung - Madri tem grande manifestação contra anistia de Sánchez ao separatismo catalão

EUR -
AED 3.961949
AFN 75.517905
ALL 101.159776
AMD 434.752707
ANG 1.944141
AOA 894.115856
ARS 391.678248
AUD 1.645463
AWG 1.944591
AZN 1.834067
BAM 1.950142
BBD 2.178101
BDT 118.665702
BGN 1.952444
BHD 0.406704
BIF 3074.665126
BMD 1.07883
BND 1.444821
BOB 7.454613
BRL 5.32144
BSD 1.07878
BTN 89.871661
BWP 14.696835
BYN 3.553523
BYR 21145.065429
BZD 2.174462
CAD 1.464076
CDF 2831.928367
CHF 0.944073
CLF 0.034417
CLP 950.718698
CNY 7.710501
COP 4331.696113
CRC 569.342824
CUC 1.07883
CUP 28.588992
CVE 110.633722
CZK 24.356203
DJF 191.729967
DKK 7.455966
DOP 61.271373
DZD 145.080363
EGP 33.227207
ERN 16.182448
ETB 60.121306
FJD 2.416309
FKP 0.854166
GBP 0.856753
GEL 2.936928
GGP 0.854166
GHS 12.946568
GIP 0.854166
GMD 72.632198
GNF 9288.724864
GTQ 8.446415
GYD 225.692495
HKD 8.43618
HNL 26.618768
HRK 7.596656
HTG 142.686009
HUF 379.702262
IDR 16694.298864
ILS 4.014812
IMP 0.854166
INR 89.90844
IQD 1413.267128
IRR 45607.532689
ISK 150.507778
JEP 0.854166
JMD 167.300021
JOD 0.765319
JPY 158.771931
KES 165.38223
KGS 96.355368
KHR 4443.700078
KMF 488.116845
KPW 970.923897
KRW 1418.839297
KWD 0.333218
KYD 0.899021
KZT 497.502679
LAK 22343.963816
LBP 16214.082275
LKR 353.924601
LRD 202.981769
LSL 20.077608
LTL 3.185504
LVL 0.652573
LYD 5.201907
MAD 10.905355
MDL 19.094219
MGA 4931.645546
MKD 61.441732
MMK 2265.400632
MNT 3725.641608
MOP 8.686878
MRO 385.142078
MUR 47.748265
MVR 16.57089
MWK 1815.989978
MXN 18.758043
MYR 5.041379
MZN 68.235935
NAD 20.076789
NGN 865.221727
NIO 39.485436
NOK 11.773243
NPR 143.794458
NZD 1.758099
OMR 0.415336
PAB 1.078805
PEN 4.047718
PGK 4.075101
PHP 59.753182
PKR 307.196383
PLN 4.3236
PYG 7975.785022
QAR 3.92775
RON 4.964755
RSD 116.911874
RUB 97.323938
RWF 1344.222017
SAR 4.046355
SBD 9.144104
SCR 14.443365
SDG 648.376447
SEK 11.307745
SGD 1.446824
SHP 1.312666
SLE 24.419619
SLL 21306.89001
SOS 616.548642
SRD 40.785517
STD 22329.600136
SYP 14026.785382
SZL 20.076786
THB 38.072224
TJS 11.795966
TMT 3.775905
TND 3.358391
TOP 2.544582
TRY 31.165086
TTD 7.309724
TWD 34.018758
TZS 2697.074752
UAH 39.581841
UGX 4094.159103
USD 1.07883
UYU 42.057972
UZS 13257.534415
VEF 3833824.348968
VES 38.33746
VND 26204.777514
VUV 128.587661
WST 2.93437
XAF 654.074417
XAG 0.044704
XAU 0.000534
XCD 2.915592
XDR 0.809459
XOF 648.37674
XPF 118.509744
YER 270.084879
ZAR 20.460084
ZMK 9710.766335
ZMW 25.862722
ZWL 347.382778
Madri tem grande manifestação contra anistia de Sánchez ao separatismo catalão
Madri tem grande manifestação contra anistia de Sánchez ao separatismo catalão / foto: JAVIER SORIANO - AFP

Madri tem grande manifestação contra anistia de Sánchez ao separatismo catalão

Dezenas de milhares de espanhóis protestaram neste sábado (18) em Madri contra o projeto de anistia acordado por Pedro Sánchez com o separatismo catalão, que permitiu esta semana a posse do socialista para um novo mandato como presidente do governo.

Tamanho do texto:

Quase 170.000 pessoas se reuniram na Praça Cibeles, no centro da capital, com bandeiras espanholas e europeias, em resposta a uma convocação apoiada pela oposição conservadora.

Os participantes, de todas as idades, gritaram frases como "Sánchez traidor", "Sánchez na prisão" e "Catalunha é Espanha".

"O que (Pedro Sánchez) quer é esquartejar a Espanha, que exista o País Basco de um lado e a Catalunha do outro, e dizer que nada aconteceu, que os juízes não valem nada", disse María Ángeles Galán, aposentada de 65 anos.

"Não é um presidente, é um delinquente", acrescentou, utilizando um dos slogans da manifestação.

Sánchez, que perdeu as eleições legislativas de 23 de julho para o conservador Partido Popular (PP) de Alberto Núñez Feijóo, conseguiu na quinta-feira tomar posse no Congresso como presidente do governo, graças ao apoio da extrema esquerda e dos partidos nacionalistas e independentistas da Catalunha e do País Basco.

Em troca de seu apoio, indispensável para alcançar uma maioria que permitiria a posse, Sánchez aceitou uma série de concessões, incluindo uma anistia para os dirigentes e militantes separatistas que foram processados pelo envolvimento na tentativa fracassada de secessão da Catalunha em 2017.

"Sabem que não têm os votos para fazer o que estão fazendo e, por isto, nesta manifestação afirmamos: não construam muros, não brinquem com a convivência", disse Feijóo na manifestação.

O evento também contou com a presença de Santiago Abascal, líder do partido de extrema direita Vox, que considera o projeto de lei de anistia tão grave quanto um "golpe de Estado".

Os dois políticos evitaram aparecer um ao lado do outro, apesar de Feijóo ter feito uma tentativa em setembro de tomar posse como presidente de governo com os votos do Vox, sem conseguir a maioria necessária na Câmara Baixa.

Mariana, uma empresária de 51 anos que não revelou o sobrenome, viajou de Zaragoza para expressar seu descontentamento.

"A luta começa agora, a longo prazo, pelo menos até onde sabemos. É uma mensagem para a Europa", comentou.

Há 10 dias, a Comissão Europeia pediu explicações ao governo da Espanha sobre o projeto de lei de anistia. As autoridades europeias afirmaram que receberam mensagens sobre o tema de "um grande número de cidadãos".

A oposição conservadora acusou Sánchez de entregar o controle do governo a um "foragido", em referência ao ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont, que fugiu em outubro de 2017 para a Bélgica para evitar um processo na justiça espanhola e que espera ser beneficiado com a anistia se o projeto avançar como lei.

Cuca Gamarra, vice-presidente do PP, convocou a manifestação na sexta-feira e afirmou que "a resistência cívica não vai cruzar os braços".

(G.Gruner--BBZ)